21 de Julho de 2012

Na planície alentejana junto à colina onde se ergue Monsaraz está o Telheiro, um pequeno povoado que para além de um fontanário histórico, mandado edificar por D. Fernando, tem o Sem-Fim - antigo lagar de azeite transformado em restaurante. Foi lá que fomos parar numa destas tardes quentes para experimentarmos a cozinha.

 

Um sem-fim é uma máquina. Um parafuso que leva as azeitonas até à batedeira.O resultado final deste processo é o azeite. Assim se lê na página do restaurante ( www.sem-fim.com ). Foram as imagens que nos levaram ao local. Quando a espectativa é grande... Trata-se de um antigo lagar de azeite como já foi dito convertido em restaurante. Uma sala grande, escura, com alguma falta de cuidado no que diz respeito à existência de teias de aranha, um bar numa sala lateral comprida, uma galeria de arte e uma esplanada que embora seja agradável não faz o nosso género pela panóplia de cadeiras antigas pintadas, beliches convertidos em cadeiras corridas para as mesas e mesas de variada espécie.

 

Ao que parece o "capitão" da cozinha chama-se Tiago. Experimentámos de entradas o pão, azeitonas boas, manteiga servida numa taçinha (olha a ASAE!) e  umas cenouras marinadas. Para o jantar comeu-se um borrego assado no forno que estava bem de assado, de temperado, com guarnição correcta, a saber: batatas novas com pele aos quartos assadas no conjunto e feijão verde redondo, fresco, brevemente salteado e depois adicionado na travessa de servir. Salada mista farta mas algo cozida pelo tempero devido ao dia de calor.

Bebeu-se um Herdade dos Grous Tinto 2008 que em relação ao preço nos pareceu inflacionado (25 euros).

 

Preço médio por pessoa sem o vinho: 15 euros.    HC,

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por cozinhagula às 06:30

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


pesquisar
 
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19


31


arquivos
2018:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


subscrever feeds
blogs SAPO