30 de Novembro de 2020

Para nós o melhor peixinho para uma massinha...

4PAX.JPG

 

Ingredientes:

1,5kg Garoupa 

350 gramas de cotovelinhos pequenos

2 cebolas

3 tomates médios 

1/2 pimento vermelho

1/2 copo de vinho branco

3 dentes de alho

2 folhas de louro

2 colheres de sopa de coentros

Azeite

Cominhos

Hortelã

Sal e Piripiri

 

Preparação:

Enquanto aqueçe uma panela com água e uma folha de louro tempere exageradamente com sal, a garoupa cortada em pedaços grandes. Quando a água ferver em cachão, sacuda o sal do peixe e introduza-o na panela, deixando cozinhar durante uns 13 minutos. Faça a garoupa em lascas e reserve a água da cozedura. Pulverize a cebola, escalde e pele os tomates, faça o pimento em pequenos quadrados. Aqueça o aceite e refogue por uns 5 minutos a cebola e os alhos picados. Adicione o pimento, o tomate e um piri-piri esborrachado e cozinhe em lume brando até obter uma base homogénea. Junte o vinho, aumente o lume e deixe evaporar. Regue o refogado com a água que reservou e entretanto voltou a aquecer e adicione a massa. Coza a massa por uns 11 minutos junte de imediato a hortelã e rectifique o sal. Nos últimos 3 minutos acrescente o peixe e se necessário, mais água a ferver da cozedura da garoupa. Salpique com os coentros e sirva de imediato.

D1CB702E-C49D-4236-A8E9-361AC7A50A9E.jpeg

 

 

 

 

 

 

 

publicado por cozinhagula às 06:30

27 de Novembro de 2020

F6119B9E-9013-4CA2-87B0-419192C79210.jpeg

 

Para encontrar qualquer post basta introduzir uma

palavra chave no motor de pesquisa do blog.

Pode também procurar pela data de publicação

 

 

Cá em casa é frequente a inspiração  espanhola !

 

Pastel de Peixe com Gambas

Pinchos com Alcaparras

Tortilha de Batata

Salada Catala com Bacalhau

Paella Fácil

Pinchos ou Pulguitas ?

Gaspacho

Bruschetta de Porco Ibérico

Salmorejo

Pimentos de Padrón

Bolo Maimón

Tortilla Espanhola

Ovos Estrelados à Espanhola

Polvo à Galega com Batatas Pobres

Atum Romeral

Polvo com Amêijoas

Bolo Barceló

Pipirrana

Zarzuela de Garoupa

Sépia à la Plancha

Favas à Moda de Aragão

Espanha.JPG

 

 

 

 

 

 

 

publicado por cozinhagula às 06:30

26 de Novembro de 2020

São boas como entrada ou a acompanhar a tradicional salada de pepino com iogurte.

Receita da minha avó, Lourenço Marques, 1957 

4PAX.JPG

 

Ingredientes:

500 gramas de carne de vaca picada

25 gramas de arroz crú

1 cebola pequena

3 ovos

2 colheres de sopa de manteiga

1 colher de sopa de azeite

1 colher de sopa de salsa picada

1 colher de sobremesa de endro fresco

Sal e pimenta

 

Preparação:

Depois de pulverizar a cebola juntam-se todos os ingredientes numa taça grande, temperam-se com sal e pimenta e envolvem-se até se obter uma mistura homogénea. Formam-se bolinhas que se vão colocando numa panela, lado a lado, sem as empilhar. Junta-se 150 ml de água, tapa-se a panela e deixa-se cozinhar em lume brando até a água se evaporar completamente. Derrete-se a manteiga numa frigideira e fritam-se as almôndegas até ficarem douradas.

CF8FE40A-E524-4A5E-82A4-4108086D1295.jpeg

 

 

publicado por cozinhagula às 06:30

25 de Novembro de 2020

Tradicionalmente acompanha as belas almôndegas...

4PAX.JPG

 

Ingredientes:

2 pepinos médios

2 iogurtes naturais

1 dente de alho

1/2 colher de chá de endro

1 colher de sopa de folhas de hortelã

Azeite

Vinagre e sal

 

Preparação:

Descascam-se o pepinos e cortam-se ao comprido, laminando depois em fatias de 4 mm. Dispõem-se as laminas de pepino numa saladeira ou prato largo e tempera-se com o sal. Descasca-se o dente de alho e esfrega-se nas paredes de uma tigela grande. Adiciona-se o vinagre e com movimentos aéreos faz-se com o vinagre se espalhe trambém pelas paredes da tigela. Junta-se o endro e o iogurte e envolve-se até ficar toda a mistura homogénea. Deita-se a mistura de iogurte sobre os pepinos, um fio de azeite e envolve-se toda a salada. Salpica-se com as folhas de hortelã.

1E4A17AB-569E-48E7-AA0A-854D502EFCBC.jpeg

 

 

publicado por cozinhagula às 06:30

24 de Novembro de 2020

Para um almoço de Domingo...

4PAX.JPG

 

Ingredientes:

2kg de costeletas de porco do lombo em peça inteira cortada em leque

1 Cebola doce

1 cerveja preta 200ml

150 gramas de ketchup

30 gramas de mel

3 colheres de sopa de molho de soja

3 colheres de sopa de molho inglês

1 folha de louro

1 colher de café de orégãos

 

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 125 graus sem ar circulante. Peça no talho para golpearem as costeletas sem contudo, as separarem. Lave a carne e seque-a muito bem com papel absorvente e coloque-a num tabuleiro de ir ao forno. Com a ajuda de um robot, pulverize a cebola, junte o mel e o ketchup, o molho de soja e o molho inglês, os orégãos, o sal e a cerveja preta. Misture tudo muito bem e deite sobre a carne. Junte a folha de louro e leve ao forno durante 6 horas. Vire a carne a cada hora e na última hora tape o tabuleiro com folha de alumínio.

49E6F3F9-F9B2-4B41-9A3A-2B9F02EC5D56.jpeg

 

publicado por cozinhagula às 06:30

23 de Novembro de 2020

Sabor que nos faz lembrar Córdoba...

4PAX.JPG

 

Ingredientes:

1 choco grande (800 gramas)

300 gramas de arroz arbóreo

1 litro de caldo de aves

1 cebola grande

3 dentes de alho

1/2 copo de vinho branco

150 gramas de manteiga

3 colheres de sopa de azeite

1 colher de sopa de cebolinho

1 colher de café de colorau

Açafrão

Sal e pimenta

 

Preparação:

Peça no mercado que lhe limpem o choco retirando inclusivé a pele. Lave e seque o choco e corte-o em cubos. Leve o caldo de aves a ferver e mantenha-o quente. Pique os alhos e a cebola e frite-os no azeite durante uns 8 minutos. Adicione o choco e cozinhe até ficar tenro. Introduza o arroz e, sem parar de mexer, frite-o por um minuto. Polvilhe com o colorau e uns fios de açafrão e envolva tudo. Regue com o vinho branco, deixe evaporar por 1 minuto e junte uma concha de caldo de aves a ferver. Tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar por uns 17 a 20 minutos. À medida do necessário vá juntando o caldo de aves sempre bem quente, concha a concha e mexendo regularmente. No último minuto da cozedura do arroz, acrescente a manteiga, reduza o lume para muito brando e não pare de mexer. Sirva este risotto polvilhado com o cebolinho e uma pitada de colorau.

3C8F2AA8-34D2-4CD5-B815-68AFDA0CAA66.jpeg

 

publicado por cozinhagula às 06:30

20 de Novembro de 2020

Esta saladinha colorida "aproveita" as nossas alfaces terrinhas com a época da romã...

4PAX.JPG

 

Ingredientes:

2 alfaces pequenas

1 romã 

2 laranjas

150 gramas de queijo fresco

Azeite virgem extra

Vinagre

Sal

 

Preparação:

Lave e centrifugue as pequenas folhas de alface, separe as maiores em várias partes. Retire a casca  às laranjas, separe os gomos e, com a ajuda de uma pequena faca, retire a pele extremamente fina que os cobre. Corte a romã ao meio e extraia todos os gomos para uma tigela. Com a ajuda de um robot triture 2 colheres de sopa dos gomos da romã e coe o sumo. Coe este sumo. Caso disponha de um liquidificador de baixa velocidade será mais prático este procedimento. Ao sumo da romã junte 3 colheres de sopa de azeite e 2 colheres de sopa de vinagre e bata-o até obter uma emulsão. Escorra muito bem o queijo fresco e corte-o em cubos pequenos. Numa travessa de ir à mesa disponha a alface no fundo, os gomos de romã, distribua os gomos de laranja que entretanto cortou em  duas partes e os cubos de queijo fresco. Regue tudo com a emulsão que preparou e sirva de imediato.

6F56FA97-256F-4FA1-8AFF-EA5CC5F0DF1B.jpeg

 

publicado por cozinhagula às 06:30

19 de Novembro de 2020

Tradicional da Beira-Alta come-se lá em casa com batatas cozidas.

 

4PAX.JPG

Ingredientes:

1 coelho

1 cebola grande

3 dentes de alho

3 nabos

1 folha de louro

1,5dl de azeite

1,5dl de vinagre

1 ramo de salsa

Noz-moscada

Sal e pimenta

 

Preparação:

Corta-se o coelho em pedaços e introduz-se num tacho com a cebola em rodelas, os nabos em cubos, os dentes de alho esmagados, a folha de louro em pedacinhos e o ramo de salsa. Rega-se tudo com o azeite e o vinagre e tempera-se com sal, pimenta e noz-moscada. Vai a cozinhar, tapado, em lume muito brando.

971D0EE2-510A-49BC-AA9B-622C414C2343.jpeg

 

 

 

publicado por cozinhagula às 06:30

18 de Novembro de 2020

Colorir os pratos depois de umas taliscas de presunto...

4PAX.JPG

 

Ingredientes:

500 gramas de camarões médios

350 gramas de macarrão

150 gramas de brócolos

1 dente de alho

6 nozes

2 colheres de sopa de queijo parmesão

1/2 copo de vinho branco

Manjericão fresco

Azeite e sal

 

Preparação:

Ponha uma panela ao lume com água temperada com sal. Entretanto lave os brócolos e separe todos os floretes. Quando a água ferver em cachão, introduza os brócolos e coza-os durante 8 minutos com a panela destapada aumentando, o lume, se necessário, de forma a manter a fervura viva. Retire-os da água e coloque-os de reserva num escorredor. Com a ajuda de um robot pique finamente o dente de alho em conjunto com o manjericão e o miolo das nozes. Junte 4 colheres de sopa de azeite, o queijo parmesão e sal e continue a triturar até obter uma solução homogénea. Descasque e seque os camarões com papel absorvente, tempere-os com sal e saltei-os em azeite durante 1 minuto numa frigideira. Regue-os com o vinho branco e deixe evaporar por completo. Numa tigela grande misture a massa que entretanto cozeu com os brócolos, os camarões e o pesto preparado.

8E168AD5-DD5A-42A3-8D72-7D71E22C79DC.jpeg

 

 

 

publicado por cozinhagula às 06:30

17 de Novembro de 2020

Moçambique.JPG

 

Fazemos o nosso molho de piripiri à maneira de Moçambique.

Leva whisky e nada de óleos ou azeite para não rançar.

 

Ingredientes:

100 gramas de malaguetas frescas e o mais vermelhas e pequenas que encontrarmos

2 limoes

Whisky

 

Preparação:

Lave as malaguetas e enxugue-as em papel absorvente. Retire-lhes os pedúnculos e deite-as na picadora ou no copo da varinha mágica.

Numa frigideira deite o sumo dos 2 limões, a pasta de malagueta picada e leve a lume forte até reduzir o sumo de limão para metade. Coloque o anterior preparado num copo medida e adicione whisky até perfazer o dobro do volume da pasta de piripiri. Volte a misturar tudo muito bem num robot e guarde em frascos ou garrafinhas no frigorífico

641774EE-AB56-47BF-AEBD-BE89F5820118.jpeg

 

publicado por cozinhagula às 06:30

16 de Novembro de 2020

Básicamente a mesma "cena" da canja de amêijoas agora com garoupa...

2PAX.JPG

 

Ingredientes:

2 postas de garoupa

350 gramas de amêijoa boa

150 gramas de arroz cozido

3 dentes de alho

1 ramo de coentros

50 ml de azeite

1 folha de louro 

Sal

 

Preparação:

Coza o arroz em água temperada com sal e reserve quente. Coza a garoupa temperada com sal, faça-a em lascas e reserve. Coe a água de cozer a garoupa e reserve. Numa sertã preferencialmente de ferro fundido, aqueça o azeite com os alhos esmagados e a folha de louro. Adicione as amêijoas e tape. Deixe cozinhar até todas as amêijoas abrirem, adicione a garoupa, o arroz cozido, os coentros picados e o caldo do peixe até cobrir. Cozinhe em lume forte por um minuto e sirva de imediato.

D72EA5CF-B421-4C30-8A8A-6309D6B33B9A.jpeg

 

 

 

publicado por cozinhagula às 06:30

13 de Novembro de 2020

ideias.JPG

 

 

São inúmeras o opções para conseguirmos produzir num pequeno espaço legumes de sabor único. Cá em casa optámos pela "Click And Grow", uma pequena "estufa". Na realidade a estufa é o ambiente temperado da cozinha, no nosso caso. Uma série de leds garante o processo de fotosíntese durante 18 horas diárias, acendendo e apagando a iluminação de forma automática. O depósito de água dá para cerca de um mês e, mesmo nas nossas ausências durante as férias, vamos produzindo alguns legumes deliciosos que ora são consumidos de imediato, ora são plantados nos pequenos "alfobres" que dispomos no quintal. As nossas alfaces são tenras e estão prontas a comer em 60 dias, as nabiças crescem na estufa 15 dias e ao fim de mês e meio vão do alfobre para a mesa.

O investimento inicial varia entre os 40 e os 250 euros. As opções são imensas nas lojas online.

68C0027C-98F9-4469-884A-885026918D20.jpeg

 

publicado por cozinhagula às 06:30

12 de Novembro de 2020

Com a impossibilidade de se matar a ave para a sangrar numa tigela onde se deitou um pouco de vinagre, vamos ao talho e compramos um "frango do campo" com o rerspectivo sangue devidamente embalado.

4PAX.JPG

 

Ingredientes:

1 frango do campo

300 gramas de arroz

1 cebola grande

3 colheres de sopa de azeite

3 dentes de alho

1 copo de vinho branco

1/2 copo de vinagre

1 folha de louro

1 piri-piri

Salsa

Canela

Sal 

 

Preparação:

Enquanto corta o frango em pedaços reserve o sangue no frigorífico. Pica-se a cebolae os alhos e alouram-se no azeite juntamente com a foilha de louro, o piri-piri e a salsa grosseiramente picada. Adicionam-se os bocados de frango, temperam-se com sal  e deixam-se cozinhar em lume muito brando sempre com o tacho tapado e regando, quando necessário, com um pouco do vinho que deve ser introduzido por etapas. Quando a carne estiver macia, adiciona-se água a ferver, três vezes o volume do arroz e,  o resto do vinho, caso tenha sobrado. Quando o caldo ferver em cachão, introduz-se o arroz. No final da cozedura do arroz adiciona-se, finalmente, o sangue misturado no vinagre e, logo que levante fervura, retira-se do lume.

2DB1C135-B78B-4538-82FA-CB10AC2D5954.jpeg

 

 

 

publicado por cozinhagula às 06:30

11 de Novembro de 2020

Substituímos a tripa enfarinhada por bom chouriço assado na canoa.

2PAX.JPG

 

Ingredientes:

600 gramas de carne de porco magra

1/2 chouriço de porco preto

25 gramas de miolo de pinhão

1,5 dl de vinho verde

2 dentes de alho

1 folha de louro

1/2 colher de café de cominhos em grão

0,5 dl de azeite

Colorau

Sal

 

Preparação:

Asse o chouriço na canoa em aguardente ou álcool e reserve. A carne marinada por umas 4 horas no vinho, louro e os alhos esmagados foi cortada em cubos de 3cm. Num tacho de barro ou ferro fundido junta-se a carne com a marinada e leva-se ao lume cozinhando em lume forte até o vinho evaporar. Adiciona-se o azeite, uma pitada de colorau e deixa-se cozer em lume brando até os rojões alourarem bem. No final do tempo adiciona-se o chouriço cortado em meias rodelas e salpica-se com os pinhões e os coentros picados. 

FDB35139-C035-4F21-AA0E-FDDF67BCC575.jpeg

55AB9A70-665E-4B52-B08B-AFBA33C7C207.jpeg

3C5CD52F-8DE1-44EA-B8AB-60C12DED638B.jpeg

 

publicado por cozinhagula às 06:30

10 de Novembro de 2020

A mais pequena adora estas "conchinhas"

 

Ingredientes:

6 Vieiras 

30 gramas de manteiga

1/2 limão

1 colher de sobremesa de coentros picados

Azeite

Piri-piri

Sal

 

Preparação:

Numa chapa ou grelhador coloque as vieras abertas com a casca para baixo a 200 graus durante 3 minutos. Adicione-lhes uma pedrinha de sal. Entretanto esprema o meio limão e derreta a manteiga. Junte o sumo de limão à manteiga e adicione o piri-piri e os coentros muito picados. Vire agora as vieiras com o miolo diretamente na chapa quente por 1 minuto e depois, volte a colocá-las na posição inicial de grelhar e junte uma colher de chá do molho preparado a cada uma e uma gota de azeite. Sirva-as quentes com nova colher de molho em cada uma.

94779DDD-6FC9-4239-A01E-59FF76F679AF.jpeg

 

publicado por cozinhagula às 06:30

09 de Novembro de 2020

Eis alguns procedimentos essenciais para cortar e conservar um presunto:

 

Inicie colocando o presunto com a unha voltada para baixo. Ao contrário da restauração onde o presunto se consome mais rápidamente, em casa deveremos iniciar o corte pela "contra-massa" deixando a "massa" (barriga da perna) para mais tarde. A razão é simples: a "massa", mais gorda vai aguentar melhor à medida que corre o tempo de abertura do presunto. Em quatro meses para se consumir toda a peça a "massa" estará menos seca do que esta parte que agora iniciámos. 

9BA08D7F-E710-4181-B9F4-0EF119307086.jpeg

O primeiro corte é feito como mostramos na imagem e vai permitir o desbaste do courato e de toda a gordura envolvente.

FF637257-C0D6-4C04-83B0-68E2318582E6.jpegO corte deve ser sempre em linha recta desde a unha até ao joelho e para isso será necessária uma linha de orientação de ambos os lados. É essa a zona de desbaste inicial.

E4247AF5-7BC2-447D-BA54-CEFE2B1B3EA3.jpegAgora com toda a área "livre" poderemos iniciar o corte das deliciosas taliscas!

AC32C5E3-9E19-418E-965E-5924BBB74E52.jpeg

 

publicado por cozinhagula às 06:30

06 de Novembro de 2020

Preparar e estender a massa para umas pizzas...

6PAX.JPG

Robot.JPG

 

Ingredientes:

400 gramas farinha tipo 65

200 gramas de água

2 colheres de sopa de óleo alimentar

1 colher de sopa de fermento fresco

1 colher de chá de sal

 

Preparação:

Introduza a água no copo do robot, o óleo e o sal e selecione 3 minutos a 40 graus na velocidade 2.

Junte a farinha e o fermento e amasse 3 minutos com o acessório de pão na velocidade 4. Deixe a massa repousar por 15 minutos tapada com um pano de algodão em lugar fresco.  Estenda até que fique muito fina, acrescente os ingredientes e leve ao forno sob base de pedra a 220 graus por 8 minutos.

E26AE889-B3B5-4B05-B8C1-648478FD3744.jpeg

 

 

publicado por cozinhagula às 06:30

05 de Novembro de 2020

2PAX.JPG

O blog é o nosso "livro de receitas"... Por isso fomos buscar esta a 2012 altura da sua publicação. Passados oito anos apenas as fotos se atualizaram...

 

Ingredientes

 

750grs de Peixe (robalo, garoupa)

1 limão (sumo)

2 Tomates médios maduros

½ Pimento verde

½ Pimento vermelho

1 cebola

1 c. sopa coentros picados

1dl leite de coco

1 dl azeite de dendê

 

Preparação 

Amanhe o peixe como habitualmente e, depois, corte-o em postas com a espessura de 3cm. Tempere com sal e pimenta e sumo de meio-limão. Deixe assim 15 a 20 minutos.

Lave o tomate e os pimentos e corte-os em rodelas, retirando todas as sementes. Descasque a cebola e corte-a também em rodelas.

Num tacho largo, disponha uma camada de postas de peixe, metade dos legumes em rodelas e parte dos coentros picados. Coloque por cima outra camada de peixes e cubra com os restantes legumes. Tempere com sal e pimenta. Regue com o leite de coco, o restante sumo do limão, polvilhe com os coentros picados. Adicione o azeite, tape o tacho e leve a cozinhar em lume brando até o peixe estar cozido. 

7308F117-4D30-4595-BA6A-BAA286056AED.jpeg

33E47A10-F633-4E08-A1CF-07981057B770.jpeg

29C643DC-9AD0-4BBD-AF10-82C0681E2BB7.jpeg

 

publicado por cozinhagula às 06:30

04 de Novembro de 2020

2PAX.JPG

 

Ingredientes:

500 gramas de camarão congelado 40/50

350 gramas de amêijoa boa

180 gramas de arroz

1 cebola

2 tomates

1 colher de sopa de pimento cortado em cubos pequenos

2 alhos

1 folha de louro

1 piri-piri

1/2 copo de vinho branco

1 molho de coentros frescos

Azeite

Sal

 

Preparação:

Descasque os camarões e com as cabeças e cascas faça um fumet. Reserve.

Numa sertã refogue a cebola pulverizada e o alho picado. Adicione o tomate préviamente pelado, sem grainhas, o piri-piri e a folha de louro. Baixe o lume e refogue por uns 5 minutos. Refresque com o vinho branco, reduza tudo a puré com a ajuda de uma varinha mágica ou robot. Junte o arroz e cozinhe até meio tempo altura em que irá introduzir os camarões já descascados e sem o veio intestinal e as amêijoas que entretanto lavou em água corrente em conjunto com metade dos coentros grosseiramente picados. Assegure-se que o arroz coze em caldo suficiente pelo que o fumet deve ser 2,5 vezes superior à quantidade de arroz. No final adicione os restantes coentros bem picados e sirva quente.

95EEC532-F1E5-4BEF-9745-58E4217B7D2C.jpeg

 

 

 

 

publicado por cozinhagula às 06:30

03 de Novembro de 2020

Boas para acompanhar uns lagartos no churrasco...

4PAX.JPG

 

Ingredientes:

800 gramas de batatas

3 dl de azeite

3 dentes de alho

1 colher de sopa de vinagre

Sal

 

Preparação:

Depois de lavadas, cozem-se em água temperada com sal. Deixam-se arrefecer completamente, pelam-se e cortam-se primeiro em metades e depois em fatias tão finas como se conseguir. 

Aquece-se o azeite enquanto se alouram os alhos picados. Juntam-se as batatas envolvendo tudo e não as deixando tostar. No final do tempo regam-se com o vinagre e servem-se na própria sertã.

publicado por cozinhagula às 06:30

02 de Novembro de 2020

4PAX.JPG

 

Ingredientes:

800 gramas de cordeiro de leite

300 gramas de feijão encarnado cozido

200 gramas de arroz agulha

1 cebola

3 tomates maduros

4 dentes de alho

1dl de azeite para fritar

2 folhas de louro

1L água

50gramas de margarina

2 colheres de sopa de azeite virgem

Sal e piripiri

 

Preparação:

Descasque e pique a cebola. Leve-a ao lume juntamente com uma folha de louro, a margarina e o azeite. Quando a cebola começar a alourar junte o tomate pelado e sem sementes e deixe cozinhar sobre lume brando até este se começar a desfazer. Adicione o arroz e deixe fritar um pouco, mexendo. Regue com a água a ferver, junte o feijão cozido, tempere com sal e piripiri e tape o tacho. Deixe cozinhar por uns 20 minutos. Tempere com sal e frite os pedaços de cordeiro em azeite quente. Adicione o restante louro e o alho picado e tempere com piripiri. Deixe fritar o borrego até estar tostado. Sirva por cima do arroz de feijão

A80BDC96-6788-4E0B-8ACF-D9F70DE4F84D.jpeg

 

 

 

publicado por cozinhagula às 06:30

pesquisar
 
Novembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

15
21

22
28

29


arquivos
2021:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2020:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2019:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2018:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


subscrever feeds
blogs SAPO