04 de Junho de 2012

 

 

 

 

 

Há dias num jantar de grupo no restaurante Carolina do Aires foi servida uma caldeirada que de certo não seria a mesma que venceu o último concurso de caldeiradas da Costa de Caparica. Ingredientes improváveis para um prato que se quer "com ingredientes seleccionados, por quem conhece todos os segredos que conferem o paladar mais apurado e um aroma absolutamente irresistível." Assim se lê na publicidade do restaurante.

A caldeirada que nos foi servida para além de incluir uma raia que ao contrário da habitual carne magra e mto branca se apresentava escura quase castanha, continha na selecção de peixes tradicionais para a caldeirada a habitual dourada de aquacultura! E se o peixe é estranho na caldeirada, o tomate pelado de lata também não fica melhor. No ar fica a pergunta: Serão caldeiradas diferentes as que se servem nos concursos?  

 

Conclusão: apesar do espaço agradável, das pessoas simpáticas, em caldeiradas destas não nos voltamos a meter.  HC,

 

publicado por cozinhagula às 06:30

pesquisar
 
Junho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



30


arquivos
2018:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


subscrever feeds
blogs SAPO