30 de Novembro de 2013

 

 Salada de Couve Chinesa (dia 18) - Salada Oriental (dia 22)

 Búzios à Pescador (dia 10)

 Bacalhau com Grelos e Broa (dia 6) - Bacalhau à Minhota (dia 14)

 Arroz de Borrego no Forno (dia 4)

 Guisado Picante com Grão (dia 28)

 Bolo Maimón (dia 2) - Bábás (dia 20)

               Filhoses de Natal (dia 24)

 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

28 de Novembro de 2013

   Apesar do chouriço ser alentejano este é

                outro bom prato para saborear com pauzinhos...

 

Ingredientes

225 gramas de chouriço alentejano

400 gramas de tomate maduro

400 gramas de grão cozido

50 gramas de rúcula

1 cebola

1 pimento vermelho

1 dente de alho

2 colheres de sopa de azeite

2 colheres de sopa de coentros picados

1 colher de chá de piripiri (ver receita 2012-09-17)

sal

 

Preparação

Aqueça o azeite num tacho e refogue a cebola cortada em rodelas, mexendo de vez em quando, durante 5 minutos. Junte o pimento sem sementes cortado em tiras finas, o dente de alho esmagado e o piripiri e cozinhe por mais 2 minutos. Corte o chouriço sem pele em pedaços pequenos e junte mexendo. Adicione o tomate pelado e sem grainhas, o grão e tempere com sal. Tape e guise durante 10 minutos.  Para finalizar o prato adicione a rúcula ao tacho e envolva-a suavemente.  No prato de serviço guarneça com arroz cozido e deite o guisado por cima salpicando com os coentros frescos.

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

26 de Novembro de 2013

Na década de oitenta a restauração em Portugal descobriu o tamboril. Eram vulgares as espetadas de tamboril ou o arroz de tamboril mais ou menos mariscado. A crise e talvez a Perca (leia-se Cherne) retirou este feio peixinho das nossas mesas. Nos dias que correm é muito mais fácil encontrar-se em qualquer restaurante um arroz ou uma massinha de "cherne".  Nem mesmo no sushi nacional há quem prepare tamboril… Por isso, aqui fica a pergunta enquanto nos preparamos para matar saudades com uma espetada: onde anda o tamboril?

 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

24 de Novembro de 2013

  Vi há dias na montra de uma loja antiga várias formas

                para as filhoses de Natal. Vamos fazê-las este ano?

 

 

Ingredientes

6 ovos

250 gramas de farinha

250 gramas de leite

40 gramas de aguardente

1 colher de chá de canela em pó

noz moscada

1 limão

 

 

Preparação

Coloque no copo o leite, os ovos, a aguardente e a raspa do limão. Seleccione durante 10 segundos a velocidade 4. Adicione a farinha, a canela, uma pitada de noz moscada e o sal e envolva mais 10 segundos na velocidade 3. Deixe descansar cerca de meia hora. Numa frigideira aqueça óleo e mergulhe a forma deixando aquecer bem. Retire-a, escorra bem e introduza-a na massa, tendo o cuidado de não cobrir a parte superior da forma com o preparado. Frite no óleo até alourar utilizando um garfo para ajudar a libertar a forma. Coloque sobre papel absorvente e, de seguida, passe as filhoses numa mistura de açúcar e canela em pó.   

          

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

22 de Novembro de 2013

Uma salada do mar diferente...

 

Ingredientes

½ pepino

1 tomate chucha

250 gramas de camarão cozido descascado sem o veio intestinal

3 colheres de sopa de croutons de pão frito

1 colher de sobremesa de açúcar

1 dl de vinagre de arroz

2 colheres de sopa de molho de soja

2 colheres de sopa de óleo de girassol

sal

 

Preparação

Lave o pepino e corte-os em fatias muito finas. Salpique com sal e cubra com água gelada. Deixe assim durante uns 5 minutos enquanto lava e corta o tomate em cubinhos pequenos e os camarões ao meio. Escorra as fatias de pepino e enxugue-as com um pano de cozinha. Junte o tomate e os camarões. Misture o molho de soja com o óleo de girassol, o vinagre de arroz e o açúcar. Bata um pouco com uma vara de arames e distribua pela salada. Coloque no frigorífico durante uma ou duas horas e na altura de servir, adicione os croutons de pão frito.

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

20 de Novembro de 2013

  Para mim os melhores eram tal como os Mil-folhas os da

                Pastelaria Miki na Cova da Piedade.

 

 

Ingredientes

250 gramas de farinha

180 gramas de açúcar

8 ovos

80 gramas de margarina

25 gramas de fermento de padeiro

2 dl de natas

3 colheres de sopa de leite

2,5 dl de água

0,5 dl de rum

1 laranja

sal

 

Preparação

No copo do robot com a borboleta instalada junte o fermento de padeiro e o leite e programe durante 1 minuto a velocidade 2 a 37 graus C. Adicione metade da farinha e 30 gramas de açúcar, uma pitada de sal e um ovo e programe durante 2 minutos a velocidade 2. Junte os restantes ovos, farinha e a margarina derretida e programe durante 5 minutos na velocidade 3 ou  até a massa estar lisa e fofa. Verta a mistura para uma tijela, tape-a com um pano e deixe levedar durante cerca de hora e meia. Ao fim deste tempo volte a colocar a massa no copo do robot e programa durante 5 minutos a velocidade 3. Deite a massa em formas individuais de silicone previamente engorduradas. Deixe levedar mais 30 minutos tapando as formas com o pano. Cozem-se os bolinhos a 200 graus durante cerca de 30 minutos. Entretanto prepare a calda adicionando ao copo agora lavado a água, a casca de laranja e 150 gramas de açúcar. Programe durante 10 minutos na velocidade 1 a 100 graus C. Caso não obtenha a consistência de um xarope deixe ferver um pouco mais. Desenforme os bolinhos, faça-lhes a tradicional tampinha no topo para depois rechear com chantilly, regue com a calda e borrife com o rum.

 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

18 de Novembro de 2013

  Experimente-se um escalope de porco panado, algum molho fresco

                acri-doce (ver receita 2013-01-04)  e esta saladinha no topo…

 

 

Ingredientes

½ Couve chinesa

½ Couve roxa

1 cenoura

2 colheres de sopa de azeite

1 limão

1 colher de chá de açúcar

Sal e pimenta

 

Preparação

O principal segredo desta salada é cortar todos os legumes em juliana muito fina. A utilização de um centrifugador para saladas é essencial. Lave e enxugue por centrifugação a couve chinesa e a couve roxa. Corte-as em juliana muito fina. Pele a cenoura e rale-a em fios e junte às couves. Misture o azeite com o sumo do limão e o açúcar, deite por cima da salada e envolva tudo muito bem. Tempere com sal e pimenta.

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

16 de Novembro de 2013

 

 

 

   Para encontrar qualquer post  basta introduzir uma 

   palavra chave no motor de pesquisa do blog.

   Pode também procurar pela data de publicação

 

 

 

 

 

 

A aquacultura há muito que chegou ao mercado dos mariscos vivos e congelados. No que diz respeito ao camarão congelado de aquacultura reparem só quando o quiserem comprar na degradacão bem visível das cabeças e de todas as antenas e patas do camarão! Camarões só os da nossa terra como diz o Zé - Moçambique.

 

 

Sapateira (29.Mai.2012)

Canja de Amêijoas (19.Jun.2012)

Açorda de Sapateira (26.Out.2012)

Camarões com Chocolate (20.Abr.2013)

Travessa de Camarões com Amêijoas (8.Jul.2013)

Camarões à Fábrica (13.Set.2013)

Búzios à Pescador (10.Nov.2013)

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

14 de Novembro de 2013

  Adorado cá por estas bandas...

 

Ingredientes

2 lombos de bacalhau demolhado

2 cebolas

3 dentes de alho

1 folha de louro

100 gramas de azeite

1 colher de sopa de vinagre

1 colher de sopa de coentros picados

Sal e pimenta

 

Preparação

Frite o bacalhau passado por farinha de ambos os lados até estar dourado. Numa frigideira refogue em azeite a cebola cortada em rodelas, o alho picado e a folha de louro durante uns cinco minutos. Adicione o vinagre e tempere com sal e pimenta moída na altura. Cozinhe um pouco mais. Numa travessa de ir à mesa disponha os lombos de bacalhau fritos e por cima cubra generosamente com a cebola refogada em azeite. Polvilhe com os coentros picados. Pickles grosseiramente picados e azeitonas boas podem também ajudar à festa!

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

12 de Novembro de 2013

Está publicada a edição de 2014 do Guia de Vinhos da DECO Proteste. Para além dos 265 vinhos brancos e tintos testados, esta edição apresenta-nos um dossier extra com 35 testes a vinhos brancos da Península de Setúbal.

As análises técnicas apreciam os vários parâmetros entre o Muito Bom e o Mau e um score final classifica os vinhos do melhor ao pior.

Na nossa apreciação pessoal olhamos com grande atenção para os valores do Dióxido de Enxofre livre e total (ver post de 2013-02-05).

 

Os melhores vinhos:

 

1.Vinhos Brancos da Península de Setúbal

     Fontanário de Pegões 2012 - O melhor de teste

     Sulfitos: Bom – 88 pontos - Preço aproximado 2,55€

     Pasmados 2009

     Sulfitos: Muito Bom – 83 pontos - Preço aproximado 7,80€

     Domingos Soares Franco Colecção Privada 2012

     Sulfitos: Muito Bom – 80 pontos - Preço aproximado 10,75€

2. Vinhos Brancos

     Monte da Ravasqueira 2012 – O melhor do teste

      Sulfitos: Bom – 88 pontos - Preço aproximado 6,25€         

     Frei João 2011

     Sulfitos: Muito Bom – 83 pontos - Preço aproximado 2,65€

     Quinta do Cidrô Sauvignon Blanc 2012

     Sulfitos: Muito Bom – 83 pontos - Preço aproximado 6,95€

3. Vinhos Tintos

     Esporão Reserva 2010 – O melhor do teste

     Sulfitos: Muito Bom – 93 pontos - Preço aproximado 15,40€

     Pancas 2011

     Sulfitos: Bom – 88 pontos - Preço aproximado 2,95€

     Kopke 2010

     Sulfitos: Muito Bom – 88 pontos - Preço aproximado 4,85€

 

 

Vinhos Recomendados como “Escolha Acertada

 

1.Vinhos Brancos da Península de Setúbal

    Igrejinha 2012 (Auchan)

    Sulfitos: Bom – 76 pontos - Preço aproximado 1,49€

 

2.Vinhos Brancos

    Pingo Doce Alentejano 2012

    Sulfitos: Bom – 78 pontos - Preço aproximado 1,59€

    Real Lavrador 2012

    Sulfitos: Muito Bom – 78 pontos - Preço aproximado 1,89€

    Chão de Xisto 2012 (Auchan)

    Sulfitos: Muito Bom – 70 pontos - Preço aproximado 1,59€

3.Vinhos Tintos

    Pingo Doce Tejo 2012

    Sulfitos: Bom – 78 pontos - Preço aproximado 1,44€

    Igrejinha 2010 (Auchan)

    Sulfitos: Bom – 76 pontos - Preço aproximado 1,49€

    Contemporal Alentejano 2012 (Modelo Continente)

    Sulfitos: Bom – 75 pontos - Preço aproximado 1,49€

    Fonte dos Frades 2012 (Dia)

    Sulfitos: Muito Bom – 69 pontos - Preço aproximado 1,29€

 

 

Apesar de nenhum dos vinhos testados ultrapassar o limite máximo de Dióxido de Enxofre, livre ou total, permitido pelas leis comunitárias europeias os piores dos 300 vinhos testados são:

 

Moinho Velho Vinho Verde

Sulfitos: SO2 Livre 27 mg/l – SO2 Total 193 mg/l – 41 pontos

Cabeça de Burro Branco 2012

Sulfitos: SO2 Livre 4 mg/l – SO2 Total 191 mg/l – 43 pontos

Perigo: Excesso de ácido sórbico

Verdilhão Alvarinho Vinho Verde 2011

Sulfitos: SO2 Livre 4 mg/l – SO2 Total 195 mg/l – 43 pontos

Quinta de La Rosa Tinto 2010

Sulfitos: SO2 Livre 33 mg/l – SO2 Total 151 mg/l – 44 pontos

Terras do Sado Branco 2012

Sulfitos: SO2 Livre 14 mg/l – SO2 Total 166 mg/l – 51 pontos

Fonte do Nico Branco Light 2012

Sulfitos: SO2 Livre 46 mg/l – SO2 Total 161 mg/l – 53 pontos

Perigo: Excesso de ácido sórbico

Contraforte Moscatel Branco 2012 (Aldi)

Sulfitos: SO2 Livre 4 mg/l – SO2 Total 195 mg/l – 43 pontos

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

10 de Novembro de 2013

Para mim uma sopinha do mar...

 

Ingredientes

500 gramas de miolo de búzios

300 gramas de camarão 20/30

2 cebolas

3 dentes de alho

3 tomates maduros

50 gramas de azeite

1 batata

1 cenoura

1 copo de vinho branco

50 gramas de cotovelinhos

2 folhas de louro

3 cravinhos da índia

1 piripiri fresco

3 hastes de hortelã

½ ramo de coentros

sal

 

Preparação

O miolo dos búzios é cozido na panela de pressão com uma cebola descascada cravada com os cravinhos           e uma folha de louro durante 20 minutos. Descascam-se os camarões e com as cabeças e cascas prepara-se um fumet (ver receita 2012-05-19).  Numa panela refoga-se a cebola e os alhos muito picados no azeite. Quando a cebola estiver alourada juntam-se os tamates pelados e livres de grainhas, a outra folha de louro e o piripiri cortado em rodelinhas. Deixa-se cozinhar por uns 5 minutos enquanto de despela a cenoura e a batata e se cortam em cubinhos pequenos. Adicionam-se estes dois últimos ingredientes, tapa-se a panela e cozinha durante mais uns 5 minutos para suar os legumes. Rega-se o cozinhado com o fumet de camarão, o vinho branco e a hortelã e após levantar fervura introduzem-se os búzios já cozidos e a massa. Quando os cotovelinhos estiverem praticamente cozidos juntam-se os camarões e no final salpica-se tudo com os coentros picados envolvendo-os muito bem no caldo.

 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

08 de Novembro de 2013

Comer em Lisboa é como em todo o país, desde que se conheça, bom. Se o Jacinto de Quarteira é bomcá o de Lisboa não lhe fica nada atrás.

Para o jantar agradável contribuiu sem dúvida, o bom gosto da sala, o ambiente da noite, o atendimento simpático. Fomos ao Jacinto petiscar o queijo de cabra gratinado em massa filó e mel. As saladas de Atum e Feijão Frade e a salada de camarão estavam com uma frescura irrepreensível. Como pratos principais provámos a açorda de camarão, muito boa e um osso-buco estufado com batatinhas novas passadas em azeite, alho e alecrim. Apenas uma nota menos positiva para a carne que, ao meu gosto estava um pouco passada de mais e com um excesso de aipo. O leite creme da sobremesa vale pelo açúcar queimado. Bebeu-se um Quinta das Hidrângeas Reserva Tinto 2009.

Pagaram-se 57,70€ preço muito justo para uma refeição agradável num restaurante muito diferenciado na forma como recebe os seus clientes.

 

 

                 

 

O Jacinto

Avenida Ventura Terra, 2

Telheiras, 1600-781 LISBOA

Telf. 217591728

Encerra aos Domingos

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

06 de Novembro de 2013

 

  Sei que é muito mais fácil, prático e económico utilizar-se bacalhau

                já desfiado. Não façam isso! Esta receita merece bom bacalhau.

 

Ingredientes

2 postas altas de bacalhau demolhado

1 molho de grelos de couve

300 gramas de broa de milho

3 cebolas

4 dentes de alho

2 ovos

50 gramas de bacon

150 gramas de azeite

30 gramas de margarina

Sal e pimenta

 

Preparação

Coza os grelos arranjados em água temperada com sal. Escorra e reserve. Coza o bacalhau e os ovos em água temperada com sal durante uns 10 minutos. Escorra, descasque os ovos e retire a pele e espinhas ao bacalhau. Faça-o em lascas e reserve. Refogue a cebola e o alho picado em conjunto com o bacon em quadradinhos em metade do azeite até a mistura alourar. Junte os grelos bem escorridos e as lascas do bacalhau. Tape e deixe estufar suavemente durante uns dez minutos. Deite o preparado de bacalhau num tabuleiro de ir ao forno previamente untado com a margarina e regue-o com o restante azeite. Por cima, disponha os ovos cortados em rodelas. Esfarele muito bem a broa e espalhe sobre os ovos. Leve a gratinar em forno a 220 graus C até a crosta estar dourada.

 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

04 de Novembro de 2013

A descida da temperatura nesta altura do ano convida a ligarmos o forno…

 

Ingredientes

1 kg de borrego arranjado em pedaços

300 gramas de arroz agulha

2 cebolas

4 dentes de alho

100 gramas de azeite

1 colher de sopa de concentrado de tomate

1 colher de sopa de pimentão doce

1 dl de vinho branco

2 folhas de louro

½ ramo de salsa

1 piripiri

Cominhos

 

Preparação

Descasque e esmague os dentes de alho num almofariz, junte o pimentão, metade do azeite, o concentrado de tomate e o vinho branco. Tempere os pedaços do borrego com esta pasta, junte as folhas de louro e o piripiri em rodelinhas e deixe assim durante umas horas no frigorífico. Aloure as cebolas picadas no restante azeite, junte os pedaços de borrego escorridos da marinada e a salsa atada. Deixe corar de todos os lados e depois adicione o líquido resultante da marinada.  Aos poucos e poucos vá adicionando alguma água quente de forma a manter algum molho no cozinhado.  Retire a carne quando estiver tenra e, se for necessário adicione mais água quente ao molho para perfazer cerca deo dobro do volume do arroz. Deixe retomar fervura, introduza o arroz e tempere com sal e uma pitada de cominhos. Quando voltar a ferver mude para um tabuleiro de barro e leve a acabar de cozer no forno aquecido a 200 graus C. Quando estiver quase pronto disponha por cima os pedaços de borrego e deixe tostar um pouco.

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

02 de Novembro de 2013

  Receita familiar em Salamanca e Ciudad Rodrigo.

 

 

Ingredientes

150 gramas de farinha com fermento

100 gramas de açúcar

4 ovos

1 limão

1 colher de sopa de licor de amêndoas

Margarina para a forma

 

Preparação

Aqueça o forno a 180 graus C. Com o acessório borboleta colocado, parta os ovos para o copo do robot,  junte o açúcar, a raspa da casca do limão e o licor de amêndoa amarga. Programe 4 minutos na velocidade 3. Adicione a farinha e seleccione 2 minutos na velocidade 1. Barre uma forma de buraco com a margarina e junte a massa que vai ao forno durante 20 minutos.

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

pesquisar
 
Novembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
15

17
19
21
23

25
27
29


arquivos
2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


subscrever feeds
blogs SAPO