31 de Dezembro de 2012

 

 Codornizes com Bacon (dia5) - Sopa Seca (dia 13)

               Polarda Recheada (dia 23)

 Três Enchidos de Tradição (dia 9)

  Polvo com Amêijoas (dia 7) - Atum Romeral (dia 25)

 Zabaione 43 (dia 11) - Nuvens (dia 21) - Broas Castelares (dia 29)

Quinta dos Quatro Ventos Reserva 2007 (dia 17) - Parxet Brut Nature (dia 27)

 

 

 

  

 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

29 de Dezembro de 2012

  Experimente-se uma pirâmide

                em forma de árvore de Natal com estas broas...

 

Ingredientes:

500 gramas de açúcar

400 gramas de água

300 gramas de batata doce

250 gramas de farinha de milho

75 gramas de amêndoa sem pele 

50 gramas de mel

50 gramas de farinha tipo 65

2 ovos

1 gema de ovo p/pincelar

1/2 casca de laranja

1/2 casca de limão

drageias coloridas para decorar

 

 

 

 

Preparação:

Coloque no copo as cascas dos citrinos e rale 5 segundos na velocidade 9. Adicione a amêndoa e rale na mesma velocidade mais 8 segundos. Retire e reserve. Coloque no copo a batata doce descascada e cortada em pedaços e a água e coza durante 25 minutos a 100 graus na velocidade 1. Escorra a água com a ajuda de uma rede. Coloque de novo a batata doce no copo e bata 20 segundos na velocidade 3. Adicione 250 gramas de açúcar e programe durante 8 minutos a 100 graus na velocidade 1. Adicione os restantes 250 gramas de açúcar, a amêndoa com as cascas dos citrinos, o mel, as farinhas e os ovos e misture durante 20 segundos na velocidade 6. Caso necessário, junte toda a massa com a espátula e volte a misturar de novo. Terá de obter uma massa moldável, caso não aconteça leve ao frigorífico cerca de 30 minutos.

Pré-aqueça o forno a 200 graus. Molde as broas, coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal, pincele com a gema de ovo e decore com drageias coloridas. Leve ao forno a 200 graus cerca de 15 minutos.

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

27 de Dezembro de 2012

Bebeu-se para acompanhar pinxos e tapas quentes. Esta Cava, assim se chama ao espumante espanhol, é produzida desde 1920 na zona de Tiana uma região muito próximo de Barcelona. Segundo a quantidade de açúcar que se junta no licor de expedição as Cavas são classificadas em:

Brut Nature - até 3 gramas de açúcar natural presente no vinho sem ser adicionada;

Extra Brut - até 6 gramas de açúcar por litro adicionado no licor de expedição;

Brut - até 12 gramas de açúcar por litro;

Extra Seco - entre 12 e 17 gramas de açúcar por litro; 

Seco - entre 17 e 32 gramas de açúcar por litro;

SemiSeco - entre 32 e 50 gramas de açúcar por litro;

Dulce - mais de 50 gramas de açúcar por litro

 

 

Produtor: Bodegas Parxet

 

Castas: Pansa Blanca (40%), Macabeo (30%), Parellada (30%)

 

Notas de Prova: Cor amarelo dourada com notas verdes apresenta uma borbulha muito fina e persistente em contraste com a sua tendência de formar uma coroa de espuma. No nariz apresenta-se delicado com algumas notas de maçãs verdes e margaridas. Na boca é muito seco, equilibrado com um final médio e boa persistência. Gás na quantidade correcta.

 

Acompanhamento: Entradas. pratos de peixe brancos grelhados, o nosso leitão assado no forno.

 

Temperatura de Consumo: 5 a 6 graus C.

 

Preço:  Em Espanha cerca de 12€

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

25 de Dezembro de 2012

  Tomatada de atum fresco em tacos polvilhada com salsa.

 

Ingredientes:

400 gramas de atum fresco

200 gramas de batatas

3 tomates frescos maduros

1 cebola grande

8 dentes de alho

50 gramas de azeite

1 copo de vinho branco seco

1 folha de louro

1/2 molho de coentros

1 colher de sopa de salsa picada

tabasco

sal

 

Preparação: 

Tempere o atum com sal grosso e algumas gotas de tabasco e reserve.

Numa sertã refogue a cebola e os alhos picados no azeite. Quando a cebola estiver transparente adicione o tomate pelado e livre de grainhas, os coentros atados num molhinho e o louro. Deixe cozinhar por uns 10 minutos, retire e no mesmo recipiente sele o atum cortado em quadrados de todos os lados. Divida o atum pelos dois pratos e cubra-o com a tomatada preparada anteriormente. Polvilhe com salsa picada.

Acompanha uma pirâmide de batata. Batatas cortadas em meias rodelas grossas fritas em azeite (cobrir a frigideira) em lume médio na companhia de 3 dentes de alho inteiros e 1 haste de rosmaninho. Quando as batatas estiverem louras adicionar um copo de vinho branco seco e deixar reduzir em lume forte.

 

 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

23 de Dezembro de 2012

  Para o almoço de Natal.

 

 

 

Ingredientes:

1 polarda (cerca de 2,5kg)

100 gramas de toucinho gordo

100 gramas de fígado de galinha

100 gramas de bacon

150 gramas de castanhas congeladas

50 gramas de azeitonas verdes

50 gramas de miolo de noz

100 gramas de margarina

0,5 dl de vinho do Porto

1 copo de vinho branco seco

6 dentes de alho

25 gramas de rúcula

manjericão fresco

sal e pimenta

 

Preparação:

Corte o toucinho gordo, os fígados e o bacon em cubos pequenos. Leve o toucinho a derreter numa frigideira, junte o bacon e deixe alourar. Adicione os fígados e as castanhas e cozinhe um pouco mais. Coloque numa tigela e tempere com sal, pimenta e folhas de manjericão fresco. Guarde no frio até atingir os 5 graus C.

Depois, junte as azeitonas verdes sem caroço, o miolo de noz e o vinho do Porto. Misture com cuidado, rectifique os temperos e reserve.

 

Abra a polarda pelo esterno e pacientemente retire todos os ossos do esterno e coluna deixando apenas as asas e pernas. Corte o pescoço, deixando-lhe a pele de forma a poder usá-la para tapar a abertura do pescoço. Lave e seque-o com papel absorvente. tempere o interior com sal e pimenta e recheie-o com o preparado adicionando por cima uma mão cheia de folhas de rúcula selvagem. Com a ajuda de uma agulha grossa e de fio de cozinha coza a barriga e o bucho para impedir o recheio de sair. Ate-o de maneira a prender as coxas e as asas de forma a impedir que se deforme no forno.

 

Coloque a polarda sobre um tabuleiro de forno, tempere com sal e pimenta e espalhe por cima a margarina cortada em bocadinhos e os dentes de alho descascados e esmagados. Introduza no forno frio e leve a cozer progressivamente até aos 210 graus C durante cerca de 2 horas e meia. Regue frequentemente o capão e vire-o para não assar sempre na mesma posição. Retira o molho que se vá formando no tabuleiro, misture-o com vinho branco e volte a refrescar a polarda.

 

 

 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

21 de Dezembro de 2012

 

 

Ingredientes:

10 ovos

500 gramas de açúcar

Margarina

2 colheres de sopa de água

Canela em pó

 

Preparação:

Aqueça o forno a 220 graus C.

Bata as claras em castelo. Quando começarem a ficar em espuma, junte 200 gramas de açúcar e continue a bater até estarem bem firmes. Deite em “nuvens” num tabuleiro de pyrex previamente untado com margarina e leve ao forno cerca de 5 minutos. Retire do forno e deixe arrefecer.

Entretanto leve a água ao lume com o  restante açúcar e deixe ferver. Desfaça as gemas e junte-lhes a calda de açúcar a pouco e pouco, mexendo rapidamente para não talharem. Deite a mistura de novo no tacho e leve outra vez a lume brando, mexendo sempre até o doce de ovos engrossar.

Depois de frio, deite o doce de ovos sobre as claras, polvilhe com canela em pó e leve ao frigorífico até servir.

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

19 de Dezembro de 2012

Há dias visitei um amigo entusiasta do chá verde. A curiosidade sobre as características desta bebida foram-me por ele explicadas: "é que, ao contrário dos chás pretos, este é um chá não fermentado, mais próximo da erva fresca, tornando-se notável pelo seu aroma e frescura vegetal." Os japoneses tratam-o como um produto fresco e mantêm cuidados que vão mesmo à refrigeração das folhas ou das infusões. A grande maioria dos chás verdes disponíveis no mercado são Sencha. Há no entanto espécies de Sencha mais refinadas. O Gyokuro, que significa "Orvalho Precioso", distingue-se pelas folhas verde esmeralda e tem um preço extremamente alto.

 

Preparação:

É fundamental dispor de uma água de boa qualidade sem cheiros ou cloro e nunca muito calcária. Prefiro sempre as águas engarrafadas da região do Gerês ou Caramulo pela sua baixa mineralização e p.H.

 

O segredo de uma boa infusão reside em aquecer a água quase até à fervura. Quer isto dizer que  não deve nunca ferver, apenas começando a libertar algumas bolhinhas no fundo. Com a água assim quente escalda-se primeiro o bule e despois escorre-se. Colocam-se então as folhas de chá no seu interior e tapa-se, por uns momentos, abafando-o. O vapor e o calor favorecem a libertação de aromas. Só depois se deita a água quase fervente e se espera cerca de 3 minutos para servir sem açúcar.

 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

17 de Dezembro de 2012

Acompanhou um assado de carne, batatinhas e legumes no forno.

 

   

 

Enólogo:   Francisco Antunes

                Pascal Chatonnet 

Produtor: Caves Aliança

 

Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz e Touriga Nacionaç 

Notas de Prova: Cor granada muito concentrada. Aroma de frutos maduros misturados com suaves nuances de tabaco e chocolate preto. Na boca é denso e encorpado com taninos muito elegantes. Equilibrado. Persistente.

 

Acompanhamento: Queijos de ovelha e carnes vermelhas ou assados.

Temperatura de Consumo:  16 graus C.

 

 

 

 

 

 

 

Preço:  Entre 25 e 30€

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

15 de Dezembro de 2012

Três dias em Barcelona para viver a cidade e conhecer um pouco mais da identidade catalã. Experimentamos a cozinha basca do Irati, pinxos, tapas, cidra e cava. Para nós o melhor local para pinxar na barra. Croquetes de presunto,presunto ibérico, salpicão de marisco, salada de carangueijo... No Qua Qua ao Passeg da Gracia os huevos rotos con jamón e o bacalao alumado foram superiores. Do outro lado deste passeio fica o Monchos. Comeram-se umas gambas al alijo boas, provou-se o bacalao alumado para testar e a salada de carangueijo. Passamos ainda por alguns sítios referenciados como o Il Canário (favas catalãs e sepia a lá plancha), o Bar de Pi, o Divinus, o Choquito também muito central nas Ramblas (presunto, polvo à galega), Vinateria del Call, L'Olive...

Numa perpendicular ao bem frequentado Passeg da Gracia fica a Cerveceria Catalana, para nós o melhor local na relação qualidade/preço. Cava Brut Naturel a 14€, Parxet branco Bruto reserva 2010. Tudo muito bom: Choquitos, salpicão de marisco, bacalao alumado, espetada de gambas, espetada de bacalhau, lombo de boi nos seus sucos, queijo de cabra panado com amendoim.

Para além do bairro gótico, de Port Vell com a sua Ciutadella olímpica, a casa Milá, a Manzana de la Discórdia, o Park Guell e a Sagrada Família, Barcelona tem muito mais a mostrar nas barras e mesas onde para além do que se vive come-se, bebe-se e porventura Ai! Ai!

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

13 de Dezembro de 2012

 

Ingredientes:    

½ frango do campo

100grs de presunto em fatias finas

1 chouriço alentejano

300grs carne de vaca (aba grossa)

cebola

1 colher de sopa de pimenta em grão

1 pão alentejano pequeno bem cozido (500grs)

1 raminho de hortelã

salsa

sal

 

 

Preparação:

Leve a cozer na panela de pressão, durante 30 minutos, o frango,  o chouriço e a carne de vaca, juntamente com a cebola descascada e o ramo de salsa em água temperada com sal e a pimenta em grão.

Escorra as carnes e a cebola e coe o caldo da cozedura. Retire a pele e os ossos ao frango.  Desfie e carne. Desfie igualmente a carne de vaca e misture todas as carnes com o presunto em bocadinhos.

Corte o pão alentejano em fatias finas. Disponha uma camada de pão sobre um tabuleiro de ir à mesa fundo, espalhe por cima parte das carnes desfiadas e algumas folhinhas de hortelã. Cubra com outra camada de pão, o resto das carnes e mais folhinhas de hortelã.

Termine com uma camada de pão e regue abundantemente com o caldo das carnes de modo a ensopar bem o pão. Leve a forno a 250graus para alourar e sirva enfeitado com o chouriços cortado em rodelas e raminhos de hortelã.

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

11 de Dezembro de 2012

Este docinho original inspirou-se num licor apreciado cá em casa - o Licor 43, uma marca espanhola de licor.

O seu nome deriva do facto de na sua composição incluir 43 ingredientes diferentes. É elaborado com sumo de limão e de outros frutos, e aromatizado com ervas e especiarias. Não se sabe ao certo a origem da sua receita, mas, segundo o fabricante, já é fabricado desde que os romanos invadiram a Península Ibérica.

 

Esta "Zabaione" de licor acompanha palitos champagne, os vulgar "de la reine", que podem ser consumidos inteiros mergulhando-os no doce ou grosseiramente partidos à laia de bolo de bolacha ou doce da casa.

 

Ingredientes:

2 ovos inteiros

4 gemas de ovo

70 gramas de Licor 43

70 gramas de açúcar

canela em pó

 

Preparação:

Coloque a borboleta no copo e junte todos os ingredientes. Programe 7 minutos a 70 graus C. na velocidade 3.

Sirva em taças pequenas ou copos de shot e polvilhe com canela em pó.

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

09 de Dezembro de 2012

 

Ingredientes:

2 farinheiras

1 morcela

1 chouriço mouro

2 dl de azeite

14 dentes de alho

1 kg de batata doce

2 couves portuguesas

cominhos em grão

sal

 

Preparação:

Pique os enchidos com um palito e dê-lhes uma fervura em água sem sal durante 3 a 4 minutos. Coloque os enchidos num tabuleiro de ir ao forno, regue com um fio de azeite e junte 10 dentes de alho, com a casca. Leve a assar em forno pré aquecido a 160 graus C, até estarem levemente tostados.

Descasque e coza as batatas doces e a couve na água onde cozeu os enchidos agora temperada com um pouco de sal. Escorra e salteie no restante azeite e alhos descascados e picados.

Sirva os enchidos cortados em rodelas grossas, com os dentes de alho levemente esborrachados e acompanhe com as batatas doces e as couves salteadas. Regue com o azeite do assado e salpique as batatas e as couves com um pouco cominhos em grão.

 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

07 de Dezembro de 2012

As ostras de Baiona, pimentos de Padrón, o polvo à galega de Santiago de Compostela, amêijoas nas Rias Bajas e este polvo com amêijoas em la Coruña. Quantas mais iguarias podemos provar na Galiza?

 

Ingredientes:

1 Kg de polvo cozido

1 kg de amêijoas

1 pimento verde

1 pimento vermelho

2 cebolas grandes

3 tomates maduros

4 dentes de alho

2 batatas

50 gramas de azeite

50 gramas de vinho branco

1 colher de chá de pimentão doce

salsa

sal e pimenta

 

Preparação:

Coze-se o polvo coberto de água com uma cebola descascada na panela de pressão durante cerca de 20 minutos. Reserva-se a água da cozedura.

Numa caçarola refoga-se a cebola picada, o alho laminado e os pimentos em quadradinhos no azeite até alourar a cebola. Juntam-se os tomates pelados e livres de grainhas e deixa-se cozinhar por uns 5 minutos. Refresca-se com o vinho branco e mantém-se o lume moderado por mais uns 10 minutos ao mesmo tempo que se deitam as batatas também em quadradinhos para estufarem nesta "pimentada". Vai-se adicionando a água da cozedura do polvo necessária para cozinhar as batatas e deixar algum molho.

Corta-se o polvo em bocadinhos e junta-se ao cozinhado com as amêijoas. Tapa-se e deixa-se apurar esperando que todas as amêijoas abram. Salpica-se de salsa e leva-se à mesa.

 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

05 de Dezembro de 2012

  Forma diferente de petiscar umas codornizes...

 

Ingredientes:

4 codornizes

8 fatias de bacon finíssimas

1 cebola

3 colheres de sopa de azeite

5 tangerinas ou clementinas

2 colheres de sopa de Licor Beirão

2 hastes de rosmaninho

Sal e pimenta

 

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 200 graus C.

Enrole em volta de cada codorniz 2 fatias de bacon e ate-as com fio de cozinha.

Sele no azeite todas as codornizes de todos os lados numa frigideira anti aderente. Retire-as e reserve. Na mesma frigideira refogue a cebola pulverizada até esta ficar translúcida. Junte o sumo das tangerinas bem como o licor beirão e o rosmaninho. Trabalhe poucos minutos para reduzir um pouco.

Num tabuleiro de cerâmica ou pyrex pequeno mas suficiente para as 4 codornizes, coloque-as lado a lado e deite por cima a redução de tangerina. Leve ao forno durante 15 minutos ou até acabar de cozinhar as aves. 

 

 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

03 de Dezembro de 2012

"Comer e beber bem é essencial para uma boa noite de fados" assim o diz a Dona Alice Pimenta, fadista e proprietária da Casa da Pimenta.

Aterrámos lá pelo acaso das repetidas passagens por ali nos últimos anos.

Jantou-se um bacalhau à pimenta ou seja, bacalhau assado no forno em cebola e azeite acompanhado por umas batatinhas fritas como de bacalhau à minhota se tratasse e, costeletas de borrego grelhadas guarnecidas de mais batatas fritas, desta vez em palitos, arroz e salada. A carta de vinhos é curta e sobrevalorizada com os preços cinco vezes a cima do valor de mercado.

Palmela V.Q.P.R.D. a 19€! Monte Velho Tinto 25€!

 

Apreciámos a refeição, agradável o momento de fados, muito simpática a Dona Alice.

 

 

 

 

 

Casa da Pimenta

Estrada 4 castelos, Lote 72

2950-805 Vila Amélia-Quinta do Anjo

 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

01 de Dezembro de 2012

 

 Salmão com Mel e Castanhas (dia 10) -  Dobrada do Pescador (dia 20) 

 Pie de Galinha, África do Sul (dia 2) - Frango à São Martinho (dia 12)

 Chispe com Feijão Vermelho (dia 18)

 Caldo de galinha com Xerez (dia 26)

               Espetada de Polvo com Pimentos (dia 28)

 Raviolli com sabor a mar (dia 14)

 Crumble de Pêras e Castanhas (dia 16)

               Doce de Abóbora com Amêndoas (dia 24)

  Júlia Kempher Dão Branco 2008 (dia 8) 

 

Top blogs de receitas
publicado por cozinhagula às 06:30

pesquisar
 
Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14

16
18
20
22

24
26
28

30


arquivos
2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


subscrever feeds
blogs SAPO